domingo, 10 de outubro de 2010

Diferença entre o jagunço e o cangaceiro

O Jagunço
Todo sertanejo pode se transformar num jagunço. O jagunço é resultado do atrito entre o litoral e sertão. O jagunço agia por ordem dos donos da terra, defendia as grandes propriedades, ou lutavam com jagunços de outro coronel. O jagunço é uma das marcas do coronelismo.
Não se deve confundir jagunço com cangaceiro, embora não haja completa dissociação dos dois tipos. Há o jagunço-cangaceiro, elemento moralizador no seio das populações sertanejas. Exerce seu mister de cangaço como qualquer outro indivíduo o de médico ou comerciante.
O Cangaceiro
O cangaço não é planta de clima especial. Pode medrar no sertão brasileiro ou nas ruas de Nova Iorque. O tipo de banditismo é que varia segundo as circunstâncias de espaço e de tempo. Tanto no cangaceirismo nordestino, como no gangsterismo americano, a luta é contra a propriedade privada.
Entre as principais causas do cangaceirismo estão:
* carência de instituição e educação
* coronelismo político
* ausência de justiça social
* desigualdade econômica
O cangaceiro era visto como um objeto da criminologia. Sob a ação da fome, o sertanejo se transforma em animal de rapina. O cangaceiro agia por sua conta e risco, contra tudo que achasse injustiça. Era perseguido pela polícia e por exércitos particulares dos coronéis.
O cangaceiro sertanejo não acreditava na justa aplicação da lei, essa descrença é fruto de longa experiência de sofrimento. A causa do cangaceiro é a causa do sertão faminto e violentado. Dessa forma, cangaceiro e sertanejo pobre se irmanam.
O sertanejo nunca olhou com simpatia o policial. Preferia um bando de cangaceiros e uma volante da polícia. Viam o soldado perseguindo o pobre com a ajuda do chefão local, enquanto o cangaceiro saquiava o rico e distribuía com os pobres.
O braço da lei, a ação do Estado, os meios de transporte e comunicação, atingiu o sertão causando mudanças. Não há mais condições para atuação de cangaceiros.
As rivalidades políticos-partidárias, os choques de liderança sertaneja, os conflitos pela posse da terra não cessaram. O cangaceiro cedeu lugar ao pistoleiro, ao matador profissional.

Fonte: Interpretação do Ceará - Abelardo Montenegro

Nenhum comentário: