terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Site resgata glamour das aeromoças com uniformes vintage


O holandês Cliff Muskiet coleciona uniformes de aeromoças e criou um site especial – o Uniform Freaks – que está fazendo sucesso entre fãs desse nicho bastante específico de moda.
Muskiet vive em um pequeno apartamento de dois quartos repletos de caixas de plástico em Amsterdã. Dentro delas estão 1.285 uniformes da aeromoças.
"Sempre estou perto dos uniformes. Se eles não estão por perto, eu me sinto estranho, como se os meus filhos estivessem longe", diz.
Emilio Pucci criou visuais psicodélicos para a americana Braniff International 
Uniforme de 1970-1973 da Continental Airlines tinha saia curta e cores vibrantes

Esse modelo da Pan Am, de 1971 a 1975, vinha nas cores azul e bege

O holandês se recusa a colocar as roupas em um depósito, mesmo correndo o risco de ficar sem espaço em seu apartamento.
"Se eu quiser dar uma olhada nos uniformes, basta ir na outra sala e vê-los. Eu não quero que eles fiquem em um depósito longe de mim."
A paixão do holandês pela moda de aviação começou cedo.
"Quando eu tinha cinco anos, fui de Nova York para Amsterdã, e era um voo noturno, então eu dormi a noite toda. Quando acordei em Amsterdã, me senti decepcionado de não lembrar nada do voo. Desde então, comecei a colecionar tudo que tem relação com aviões."
Sua coleção começou com postais, modelos, itinerários e panfletos com instruções de segurança. Um de seus primeiros empregos na adolescência foi limpar aviões no aeroporto de Amsterdã. Ele costumava recolher tudo que conseguia para sua coleção, mas aos 18 anos resolveu se desfazer de tudo.

Muskiet diz que o uniforme da Northwest Orient (1968-1970) era 'lindo porque era horrível <
Uniforme atual da TAP é um dos poucos modelos modernos que agrada o holandês

Para holandeses, esse modelito de 1975 da KLM é um dos mais clássicos

Então em 1992, cinco anos depois de começar a trabalhar na companhia aérea KLM, Muskiet achou uma nova paixão no mundo da aviação.
"Quando eu estava em Gana, como parte da tripulação de um dos voos, eu pedi ao aeroporto de Acra que me presenteassem com um uniforme de aeromoça, e fui atendido."
Desde então, ele coleciona roupas que vão da era dourada das aeromoças até os dias de hoje. Muskiet acredita que os uniformes ainda refletem o glamour que a profissão tinha no passado.
"Se você olhar para os anos 1950, 1960 e 1970, o uniforme era muito importante – voar era algo especial na época, e quem quisesse ser aeromoça tinha que ser uma Miss Universo, Miss Mundo, Mulher Maravilha; tudo ao mesmo tempo", diz ele.
"Você tinha que ser sofisticada, elegante, inteligente. Os uniformes eram feitos sob medida, de ótima qualidade. Como viajar de avião era muito caro, só algumas pessoas tinham dinheiro e esse mundo todo era especial."

Nos anos 1980, já é possível ver uniformes mais conservadores, como esse da Transavia (1986-1992)

O psicoterapeuta Phillip Hodson vai além. Ele diz que existia no passado uma tendência a se enxergar as aeromoças como símbolos sexuais.
"As aeromoças se debruçam bastante, então sempre estão expondo decotes e traseiros. E é alguém que está servindo, o que sempre desperta fantasias."
Muskiet acredita que todo o glamour do passado sumiu.
"Hoje qualquer um pode voar. Não é preciso ser uma Miss Mundo para virar comissária de bordo, e os uniformes também mudaram. Eles são mais profissionais e chatos."
Muskiet coloca a culpa nas empresas que praticam baixos preços.
"Quando a Easyjet começou a operar, eles vestiam seus funcionários com jeans e camisa polo. A SW Airlines, nos Estados Unidos, usava shorts e camisa polo – eu detesto isso. A Lauda Air tinha uma blusão que parecia uma roupa espacial, combinado com tênis dourado – era bem estranho."
Muskiet fotografa cada um de seus uniformes e coloca a imagem no site. Seus modelos favoritos são todos dos anos 1970, feitos de tecido sintético grosso, padrões psicodélicos, cores vibrantes e saias curtas.
"Foi quando as companhias aéreas perceberam que sensualidade vende [passagens aéreas]." http://www.bbc.co.uk  - Fiona Macdonald


quinta-feira, 1 de maio de 2014

Os produtos mais caros do mundo

Stuart Hughes iPhone 4 Diamond Rose Edition: feito em ouro rosé, com 500 diamantes, avaliado em US$ 8 milhões.
Marcas de diferentes segmentos apostam suas fichas em produtos que reúnem as melhores matérias-primas e o melhor acabamento para se promover ou mesmo agradar aqueles que buscam exclusividade acima de qualquer preço. Na lista dos mais extravagantes, não há limites. Indo de réplicas de canetas BIC em ouro a drinques com diamante.
O modelo Duometre Spherotourbillion Bleu, da Jaeger-LeCoultre, em ouro branco e com 554 diamantes sai por R$ 3,5 milhões
Avaliada em US$ 3,9 milhões, a bolsa 1001 Noites de Diamantes, do designer David Mouawad é feita em ouro branco e leva 4.500 diamantes incrustados.
Lançado no club londrino Movida, em 2007, o Flawless levava conhaque Louis XII, champanhe Cristal, angostura, ouro comestível e um anel de diamante. Custava US$ 56.700 
Acondicionado em frasco de cristal Baccarat, com diamante de cinco quilates, o perfume Imperial Majesty, de Clive Christian, custa US$ 215 mil (500 ml). 
Maior TV de plasma 3D do mundo, o modelo de 152 polegadas da Panasonic custa o equivalente a R$ 1,7 milhão. 
Cópia em versão reduzida da tradicional caneta esferográfica BIC, em ouro ou prata, custa em torno de R$ 350
O chinelo da marca americana Chipkos foi pintado à mão e vendido por US$ 18 mil em prol de floresta na Costa Rica.
Preço médio do club sandwich, lanche feito com frango, bacon, ovo, alface e maionese, no pão de forma, é R$ 61,61 em Genebra
Informações: Portal IGLuxo

Serviços de spa já estão entre os mais populares nos aeroportos internacionais


Passar a noite em uma cabine de avião está longe de ser o melhor caminho para uma boa aparência e um cabelo bem arrumado. Sem falar que a pele acaba ficando parecida com a de um lagarto. Mas existem algumas estratégias para os executivos terem um visual mais polido quando saem de um avião, direto para uma sala de reuniões. Uma década depois que as redes de spas começaram a pipocar nos aeroportos, os cuidados com a aparência dos viajantes chegam a um novo patamar, seja com as manicures ao lado do portão de embarque, ou com as loções para o corpo Christian Dior disponíveis para os passageiros.
Depois de aprenderem a vender bolsas de luxo e gravatas de seda, muitos aeroportos começam a oferecer descanso, relaxamento e exercício aos viajantes. "Praticamente todos os grandes aeroportos têm um spa", afirmou em 2014 um relatório de tendências da SpaFinder Wellness 365, um grupo do setor. Nos EUA, os spas estão entre os serviços mais populares nos aeroportos, atrás apenas dos serviços de engraxate, de acordo com um estudo realizado em 2013 pela Global Gateway Alliance, um grupo de defensores de melhorias nos aeroportos de Nova York.
E se você pensa que esse é um fenômeno majoritariamente feminino, é bom rever os seus conceitos. "Os homens fazem mais serviços no rosto e mais massagens", afirmou Marisol Binn, presidente e fundadora da XpresSpa, uma das maiores redes de spas em aeroportos internacionais. Os homens são inclusive os maiores clientes do novo serviço de cabelereiro da empresa. "Em 78% das vezes são eles que fazem o cabelo", afirmou Binn. "Em geral são pessoas em viagens de negócios e é por isso que talvez estejamos atendendo mais homens".
Os serviços não são baratos – afinal de contas, trata-se de um público cativo de aeroportos. Mas os preços estão dentro dos valores para esse tipo de serviço. Por exemplo, uma massagem de uma hora no XpresSpa ou em um de seus concorrentes, o Be Relax, custa US$ 120. Mas a Bliss, a rede internacional de spas, cobra mais do que isso por menos tempo (49 minutos) em Manhattan. Nessas redes, serviços básicos de manicure custam de US$ 30 a US$ 35. Muito mais do que na maioria dos lugares em Nova York, onde é possível fazer a unha por US$ 15 a US$ 25.


A XpresSpa, que foi inaugurada há 10 anos no Aeroporto Internacional John F. Kennedy, já está em mais de 50 aeroportos ao redor do planeta e um novo local é aberto a cada semana. A rede oferece uma série de serviços de "bem estar", incluindo manicure e massagem. Portanto, não se surpreenda se, no futuro, você encontrar um carrinho com assento e uma bandeja sendo levado até o portão de embarque. O "POD", como foi batizado por Binn inclui equipamentos esterilizados suficientes para fazer as unhas de 10 pessoas.

Ao invés de água, as manicures usam removedores de esmalte, cremes para as cutículas e desinfetantes. "Vamos para o portão que estiver mais cheio", afirmo Binn. Dentro dos spas, as ofertas incluem a lavagem do cabelo, corte e penteados. A XpresSpa oferece serviços de cabeleireiro em Minneapolis, em Minnesota; Miami, na Flórida; Filadélfia, na Pensilvânia; Orange County, São Francisco, e Los Angeles, na Califórnia, e planeja estender os serviços a outros lugares. "A única coisa que não fazemos é tintura, ou qualquer coisa que tenha cheiro forte", afirmou Binn.
Os outros novos serviços incluem massagens para viajantes que não gostam de tirar a roupa – por conta das crenças religiosas e das preferências de uma série de clientes. As mesas de massagem ficam em um espaço aberto, embora painéis ajudem a bloquear o som dos transeuntes. Até mesmo os spas estão sendo reinventados, passando de uma estética cheia de bambus e tons de bege, para algo mais moderno, com paredes muito brancas. Além disso, haverá uma linha de produtos de viagem com a marca XpresSpa, incluindo cremes para o rosto e sandálias dobráveis. "Estamos trabalhando em um esmalte para as unhas", afirmou Binn, "alguma coisa que seque rápido e seja fácil de aplicar".
A Be Relax – que oferece serviços de massagem, manicure e pedicure, serviços para o rosto e depilação por 10 minutos a uma hora – está comemorando o décimo aniversário. A empresa, que está presente em 30 aeroportos em seis países e já abriu novas lojas em Dubai e nos EUA este ano, planeja fazer ainda mais.
Spas completos não são a única opção nos aeroportos. Esse ano, a Delta começou a testar serviços como manicures e cadeiras de massagem em alguns de seus clubes. Os Centurion Lounges, da American Express, que foram abertos nos ano passado, oferecem manicures e outros tratamentos para o corpo, o rosto e as mãos. Ao mesmo tempo, marcas de beleza populares estão instalando máquinas de self-service. No Aeroporto Internacional de Austin-Bergstrom, no Texas, a Benefit Cosmetics abriu o primeiro quiosque "Glam Up & Away" no ano passado, com 30 dos produtos mais vendidos da marca.
No ar, muitas companhias aéreas estão criando novos kits de comodidade. Este mês, os clientes da classe econômica da Delta em voos internacionais com mais de seis horas receberão kits noturnos que incluem tapa-olhos e plugues para os ouvidos. No ano passado, a companhia aérea incrementou os kits de comodidade das cabines BusinessElite para os voos internacionais, incluindo um hidratante para os lábios da Malin & Goetz e uma loção para as mãos e o corpo com perfume de néroli em uma embalagem da Tumi, a fabricante de malas. Informações: Portal IG Luxo

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Última Kombi vai parar na Alemanha



A última unidade da Kombi saiu da linha de montagem da Volkswagen em São Bernardo do Campo, em São Paulo, e foi parar no museu de veículos comerciais do Grupo Volkswagen, na cidade de Hannover.
A edição brasileira Last Edition, com preço sugerido de R$ 85 mil, foi escolhida justamente pelo fato de o Brasil ser o último país do mundo a encerrar a produção da Velha Senhora. O modelo que agorá "repousará" no museu tem pintura especial em duas cores azul e branco no estilo “saia e blusa” como ficou conhecido pelo público. 
O interior conta com cortina nas janelas laterais e traseira, bancos com forração em vinil com faixas azul e branca. Nas portas o acabamento é azul. O motor é o 1.4 flexível com 78 cv quando abastecido com gasolina e 80 cv com etanol. O torque é de 12,5 mkgf e 12,7 mkgf, respectivamente. O câmbio é o manual de quatro marchas e os pneus tem medida 185. Informações: http://www.estadao.com.br

Club Med 2 atraca no Brasil em 2014


Neste mês chega aos portos do Brasil o Club Med 2, o veleiro de cinco mastros doClub Med. Com conforto de 5 tridentes, a mais alta classificação, o Club Med 2 possui 184 cabines dividas por seus 8 conveses. Com seu baixo calado, o Club Med 2 navega próximo às costas selvagens.

Com o design assinado pela arquiteta Sophie Jacquim, o veleiro possui uma sofisticada decoração inspirada nas viagens dos grandes navegadores. As referências das rotas e diários de bordo de exploradores como Cristovão Colombo, Fernão de Magalhães, Louis Antoine de Bougainville e Jean-François de La Pérouse compõem os ambientes, criando um universo poético e elegante. 

O conceito de Sophie Jacquim é expresso em elementos como mapas, luminárias náuticas, globos terrestres, cordas, entre outros.  Os tons pastéis e os motivos náuticos estão presentes também na Suíte Armador de 40 m², nas 10 suítes de 36 m², nas 5 Cabines Deluxe de 24 m² e nas 168 cabines de 18 m². Todas possuem serviços de luxo personalizados, como o café da manhã estilo continental servido no quarto.

O veleiro possui dois restaurantes, o “Le Mediterranée” e o “Le Magellan”, que oferecem buffet durante o dia e à noite, um menu cuidadosamente selecionado pelo chef em um jantar à la carte. Os dois restaurantes são classificados como “Table Gourmet” e a culinária é composta de iguarias da cozinha francesa e internacional. O Village flutuante ainda possui três bares que estão disponíveis durante o dia e a noite com bebidas e snacks. Informações: http://www.revistahoteis.com.br

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Conheça o quarto de hotel mais sexy do mundo



O portal de notícias e reservas hoteleiras Mr. and Mrs. Smith, especializado em hotéis butique de luxo para curtir a dois, elegeu, dentro do Smith Awards 2013, seu prêmio de reconhecimento, o quarto de hotel mais sexy do mundo como sendo a Corfu Suite do Blakes Hotel, em Londres.

O empreendimento, que se descreve como o primeiro hotel butique do mundo, tem cada um de seus quartos com um estilo único, todos inspirados por várias terras distantes: Rússia, Índia, Turquia, como descreve o próprio site. O quarto eleito foi inspirado no balneário grego de Corfu. “A decoração, embora impregnada de anos oitenta para alguns, é a prova de gosto impecável e surpreendente atenção aos detalhes”, diz o Mr. and Mrs. Smith. Informações: http://www.panhoteis.com.br

sábado, 7 de dezembro de 2013

Casa de Walt Disney será transformada em museu

Segundo os idealizadores, casa onde nasceu o desenhista será 'um lugar que inspire a criatividade'

O mundo já conhece o universo criado por Walt Disney, agora é a vez do mundo conhecer o universo em que foi criado. A casa onde o famoso desenhista nasceu em Chicago será restaurada e transformada em museu. 
A cidade de Chicago anunciou ontem (5), durante as celebrações do 112º aniversário de nascimento do artista, os planos de restaurar o imóvel onde ele nasceu, em 1901.
O casal Brent Young e Dina Benadon, proprietários da empresa Super 78 Studios que projeta parques temáticos, comprou a casa por cerca de 173 mil dólares. E informaram que pretendem converter a casa num museu privado desvinculado da Companhia Walt Disney. Brent disse que o plano é recriar a “autentica atmosfera da vida familiar de Walt” e fazer do museu “um lugar que inspire a criatividade.
Também estão envolvidos no projeto o professor e arquiteto do programa de preservação histórica do Instituto de Arte de Chicago, Charles Pipal e Tim Samuelson, historiador dedicado à cultura da cidade.
O casal espera arrecadar mais de meio milhão de dólares de investidores para concluir as obras.

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Terno usado por Gene Kelly em ‘Cantando na Chuva' será leiloado


Austin, 3 dez (EFE).- O terno que o ator Gene Kelly vestiu no musical "Cantando na Chuva", em uma das cenas mais imitadas da história do cinema, será leiloado sexta- feira em Dallas, nos Estados Unidos, e deve alcançar um valor acima de US$ 20 mil. A empresa "Heritage Auctions" calcula em seu site que o terno do número musical "I'm singing in the rain", com uma etiqueta puída onde se lê "Gene Kelly" e manchas de umidade próprias do baile sob a chuva. Por enquanto a casa de leilões aquece os motores virtualmente e, após cinco ofertas telefônicas e eletrônicas, o casaco e a calça cinzas usados no musical de 1952 já estão avaliados em US$ 15 mil. A empresa diz ironicamente a seus clientes que não revelará o preço que o atual proprietário pagou pelo traje, porque esse valor foi de irrisórios US$ 10. O colecionador de objetos Gerry Sola comprou a peça há mais de quatro décadas em Los Angeles, em um leilão de segunda categoria que arrematava os últimos trajes que cedidos pela indústria do cinema. O que viu Sola, ao contrário do resto de compradores, foi que na etiqueta no interior do blazer podia se ler "Gene Kelly" e que as manchas de umidade no interior tinham uma explicação muito glamorosa. Foi aí que se deu conta imediatamente que não era um terno qualquer, este era "o terno" do número por excelência do musical por excelência, explicou a casa de leilões citando o atual proprietário.EFE dsb/cd Informações: http://noticias.r7.com/internacional/leilao-de-terno-de-gene-kelly-em-cantando-na-chuva-superara-os-20-mil-03122013 

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Feliz Natal para as mulheres!!


Cafés da manhã do mundo

Para um bom viajante, o melhor para começar no dia em qualquer canto do planeta é um bom café da manhã, abundante e saboroso. E se ele é o mesmo que toma a população local, torna-se uma deliciosa forma de se familiarizar com a cultura de qualquer país que se visite.
Estas são dez boas ideias para começar uma jornada viajante, seja em frente a uns ovos com bacon e salchichas em Londres ou ante um fuul medames no Egito, um autêntico café da manhã de faraós.

01 Em Hanoi, Buen Rien Cua (VIETNÃ)

Se estamos na capital vietnamita, deve-se escapar do bufé de café da manhã do hotel para provar o clássico café da manhã de Hanói: o Buen Rien Cua. Trata-se de uma sopa de macarrão e caranguejo encontrada nas humildes barracas de rua e que brinda uma das melhores formas de começar o dia antes de se submergir no organizado caos do bairro antigo. O rico caldo é elaborado com minúsculos caranguejos de arrozal, incrementado com cebolinhas e alho fritos, e coroado com pimenta e massa de camarões. Recomendamos tomá-lo no posto do 40 Hang Tre, no bairro antigo.

02 Em Kandy, Idiyappam (SRI LANKA)


O café da manhã no Sri Lanka não pode ser tomado por quem, logo depois, sairá com pressa. Nas singelas pensões da cidade lacustre de Kandy, a comida consiste em múltiplos pratos que combinamidiyappam (macarrão de arroz enrolados em espiral) com um curry,dhalchatni e de pimenta sambal. O correto é usar a mão direita para molhar porções destes “ninhos” de espaguetes de arroz nas saborosas guarnições. Desfruta-se melhor com o refrescante suco de um thambili (coco de Sri Lanka) fresco. Um bom café da manhã é o da Palm Gardens Guesthouse (18 Bogodawatte Rd, Kandy).

03 Em Londres, café da manhã inglês completo

Depois de tomar um café da manhã completo em um café tradicional inglês, o corpo pedirá exercício. O chamado Full English costuma consistir em um prato transbordante de ovos, bacon, salchichas e feijões com tomate, acompanhados de um par de torradas e uma grande caneca de doce e intenso chá negro com leite. O Regency Café (17-19 Regency Street, Westminster) é um dos locais emblemáticos de Londres para se pedir este banquete de 1000 calorias. Depois de aguardar na fila –que avança rápido–, o viajante deve pedir no balcão e esperar ouvir seu nome e pedido em voz muito alta.

04 No D.F., ovos rancheros (MÉXICO)

A versão mexicana do café da manhã inglês são os ovos rancheros: um par de ovos fritos sobre tortillas de milho ligeiramente fritas, coroados com queijo, molho de tomate e pimenta, e servidos com guacamole e feijões fritos. Entre suas variedades estão os ovos revueltos, que levam queijo, alho, coentro, pimenta e chorizo, e os ovosmotuleños, com presunto, ervilhas e banana. São muito bons os do Café O Popular (Avenida 5 de Maio, 52), no centro histórico de México D.F (Cidade do México).

05 Em Cingapura, Torrada Kaya

O Ya Kun Kaya Toast  (Far East Square, 45 Peking St), em Chinatown, serve o crunch singapurense por excelência: uma apetitosa torrada de manteiga e açúcar com o também local kopi (café com leite condensado) ou com um chá frio ao limão. O local abriu no início da década de 1940 e hoje é mais popular do que nunca. Deve-se sentar entre os lugarzinhos e ousar pedir outras versões locais, como a torrada com manteiga de amendoim e as rabanadas. E pedir de acompanhamento uns deliciosos ovos passados por água para molhar pão. Há outros lugares que vendem torradas kaya em Chinatown. Basta reparar onde comem os taxistas.

06 Em Van, café da manhã turco (TURQUIA)

O café da manhã na Turquía é sempre um evento agradável, mas a cidade oriental de Van o elevou a uma espécie de arte. Há kahvaltı salonu(restaurantes de café da manhã) por toda a cidade, mas a central Eski Suämerbank Sokak - também chamada de Kahvaltı Sokak, “rua do café da manhã”- tem uma saborosa sucessão de locais que só oferecem a comida mais importante do dia. Aconselha-se ir acompanhado de um grupo de comensais e pedir uma seleção de pão recém saído do forno, queijos locais aromatizados com ervas do monte e a irresistível combinação de um grosso pedaço de favo de mel e kaymak (nata coalhada).

07 Em Paris, café e croissant

Os franceses não são muito fãs de café da manhã, preferem um almoço maior. Mas para os visitantes de Paris é quase indispensável começar no dia com a clássica combinação de café e croissant (o famoso café da manhã francês) e se puder ser no terraço de um dos clássicos Cafés parisienses, melhor. Propomos, em vez de ir a Montmartre ou ao Marais, comer no café Aux Folies (8 rue de Belleville), na boêmia e autêntica Belleville, um local cheio de ambiente local em um bairro menos convencional.

08 No Cairo, ‘full medames’ (EGITO)


É um dos cafés da manhã mais antigos do mundo e também um dos mais saudáveis. O full medames vem da época dos faraós egípcios e combina uma espécie de purê de favas cozidas em fogo lento com azeite, salsa, cebola, alho e suco de limão. A isso se acrescenta pão quente, verdura em salmoura e rúcula crocante para completar uma experiência local autenticamente egípcia. Por todo o país, e sobretudo no Cairo, podem ser visto postos de full medames. Um muito recomendável na capital egípcia é o da o-Gahsh, perto da mesquita de Sayida Zeinab; todos os taxistas o conhecem.

09 Em Jerusalém, 'shakshouka'

Este prato de influência do norte da África introduzido pelos judeus da Tunísia é um brunch popular em toda Israel. Em hebreu shakshoukasignifica “tudo misturado”, descrição muito acertada deste prato a base de ovos ao molho de tomate, pimenta, cebola e especiarias. Quem gosta de comida picante pode pedir o shakshouka charif. Não se pode esquecer de pedir o pão crocante para molhar o molho. Um café da manhã recomendável é o de Tmol-Shilshom, em Solomon Street.

10 Em Xangai, Xiaolongbao

Tomar como café da manhã esta célebre “sopa de massa cozida” com a técnica errada pode ser desastroso. Se errar, acabará com uma pequena explosão de caldo fumegante na boca. É preciso colocar uma bolinha em uma colher com os palitos. Depois, mordê-la com cuidado pela parte superior e deixar que o delicioso caldo se derrame na colher. Em nenhuma circunstância o centro da bolinha deve ser mordido. Deve-se deixar que o caldo esfrie na colher antes de beber e depois já se pode comer a  xiaolongbao, recheada de porco, em um par de mordidas. Boa sorte! Ela pode ser provada em Jia Jia Tang Bao (90 Huanghe Lu), perto da Fengyang Lu.
Informações e fotos: http://brasil.elpais.com/brasil/
Seleção realizada pelo viajante gastronômico Brett Atkinson no livro Cocinas del Mundo da Lonely Planet (publicado em espanhol por GeoPlaneta). Mais informações em www.lonelyplanet.es

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Bonito (MS) é eleita melhor Destino Sustentável do Mundo


A cidade de Bonito (MS) acabou de receber um prêmio de melhor destino de turismo responsável do mundo. A premiação ocorreu na manhã desta quarta-feira em Londres durante a WTM – (World Travel Market), considerada uma das maiores feiras da indústria de turismo da Europa. O prêmio World Responsible Tourism Awards está na décima edição e, neste ano, recebeu mais de mil inscrições. A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) apoiou a candidatura de Bonito. “A premiação de Bonito confirma que o Brasil já é um excelente pólo turístico aos olhos do mundo. Um em cada cinco turista estrangeiro que o Brasil recebe vem em busca de ecoturismo, e agora, com essa premiação, a tendência é aumentar a entrada de turistas que se interessam por esse segmento”, disse o presidente da Embratur, Flávio Dino. A cidade foi escolhida pelo desenvolvimento de um sistema de controle do número de turistas que visitam as belezas naturais da região. O controle é feito por meio de um voucher digital que registra o nome do turista e as atrações que ele pretende visitar. O esplêndido cenário de Bonito ganhará ainda mais relevância no segmento de ecoturismo e turismo sustentável em 2014 quando sediará a oitava edição da Conferência Mundial de Ecoturismo e Turismo Sustentável, evento captado recentemente também com apoio da Embratur. A conferência deverá reunir mais de 500 profissionais de dezenas de países. Ainda este ano, em dezembro, acontecerá em Bonito o fórum Nacional do Mercado Ecoturismo, com foco no fortalecimento das políticas e diretrizes relacionadas ao ecoturismo. Informações: aquarela2020.wordpress.com

Notícia da Inauguração do Cristo redentor em 1928

A Capital da Republica viveu horas de extraordinária vibração cristã com a inauguração da estátua do Cristo Redentor "Foi decretado, pelo Governo, o ponto facultativo nas Repartições Publicas, segunda-feira, em homenagem ao dia do Cristo Redentor do Corcovado, tendo essa medida enchido de jubilo todas as classes. Apesar disso, os Bancos funcionaram, embora encerrando o expediente mais cedo. Devido ao mau tempo, foi adiada a missa campal que seria celebrada, no Campo de São Cristovam por sessenta sacerdotes." Informaçãos: http://www.opovo.com.br

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Netinho manda mensagem para os fãs!

Imagem da página oficial de Netinho: https://www.facebook.com/NetinhoOficial "Oi gente! Hoje eu vou dormir mais feliz do que ontem e do que anteontem. Como vocês sabem, já estou em minha casa na Praia de Guarajuba e recebi hoje de tarde para comer um caruru feito por minha mãe, meu amigo Manno Góes e sua esposa Janina Andrade. Foi uma tarde incrível, de bons papos, boas risadas e boas recordações. Espero muito que eles venham mais vezes. Não entro na internet desde o dia 24 de abril, quando fui internado. Meu retorno às redes sociais está sendo agora e em breve escreverei para vocês um texto relatando o que vi e vivi nesses últimos 07 meses. Gostaria de agradecer a Deus, ao meu amigo Dr. Roberto Kalil Filho e toda a sua equipe do Hospital Sírio Libanês por serem responsáveis por hoje eu estar em perfeita saúde. Agradeço também aos meus fãs e amigos pelas orações e demonstrações de amor e a todos os profissionais da imprensa pelo carinho. Um beijo grande! " Netinho Mais notícias do nosso querido Netinho em sua página oficial: https://www.facebook.com/NetinhoOficial

Saulo Portela expõe no Palacete das Artes em Salvador

Artista plástico Saulo Portela estará no Palacete das Artes, em Salvador (Foto: Stephane Garcia) O artista plástico Saulo Portela abre exposição no Palacete das Artes na quarta-feira (6), às 18h30, para comemorar duas décadas de pintura. Serão expostas 20 telas onde ele utiliza técnica própria, adicionando partículas de metal à tinta acrílica, proporcionando uma pintura rica em transparência e em luminosidade. Secas, as partículas translúcidas refletem de maneira inesperada a luz incidente. A escolha dos trabalhos ficou a cargo do filósofo e crítico de arte francês Jean-Louis Poitevin, curador da exposição. Formado em Arquitetura pela UFBA, Saulo vive em Paris, onde se formou em pintura na prática do seu ateliê e já expôs em várias capitais europeias. Ele apresentará também o trabalho inédito, interdisciplinar, entre pintura, poesia, teatro e música, com poemas gravados com imagens de Vitória Régia, videasta paranaense radicada em Salvador, e voz do ator franco-italiano Marcello Scuderi, com direito a performance. A mostra fica em cartaz na Galeria da Mansarda e poderá ser visitada de terça a sexta-feira, das 13h às 19h, e aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 19h, até o dia 8 de dezembro. Serviço O que: exposição de pinturas Quem: Saulo Portela Quando: vernissage no dia 6 de novembro, das 18h30 às 21h30, visitação aberta ao público de 7 de novembro a 8 de dezembro, de terça a sexta-feira, das 13h às 19h, e aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 19h Onde: Palacete das Artes – Rua da Graça, 284 – Graça Informações: G1

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

As ilhas mais incríveis do mundo

Entre a Islândia e a Noruega, as Ilhas Faroé têm montanhas de basalto de até 880 metros de altitude, recortada por cachoeiras, rios e fiordes. O magnata Richard Branson, fundador do Virgin Group, é dono de uma ilha inteira, a bela Necker Island. Foto: Divulgação Quinto maior centro econômico do mundo, as ilhas Cayman, ao Sul de Cuba, se destaca pela contradição entre suas belezas naturais e os executivos presentes. Foto: Divulgação A 40 km a Sudoeste de Nassau, capital das Bahamas, está o arquipélago de Exuma com suas ilhas de beleza ainda virgem, com corais e animais de raros. Foto: Getty Images O arquipélago de Los Roques, na Venezuela, é um dos maiores Parques Marítimos Nacionais do mundo. Lá é possível sentir nas transmutações intermináveis de azul e verde os ritmos de um ecossistema preservado. Colonizada por franceses e holandeses, St. Martin reúne conforto e boa gastronomia, com toques de arquitetura holandesa e 40 km de trilhas que inclui bosques de mangas e mogno com mais de 200 anos. A 965 km da costa do Equador, no oceano Pacífico, o arquipélago vulcânico de Galápagos ainda hoje é conhecido por sua fauna. Foto: divulgação Composto por 21 ilhas (20 delas inabitaas), o arquipélago de Fernando de Noronha é considerado um dos santuários ecológicos mais importantes do mudo. Famosa por seus moais, a Ilha de Páscoa fica a mais de 3.219 km da costa do Chile e é uma das mais isoladas do mundo. Famosa por sua vida noturna agitada, Ibiza é uma das ilhas mais movimentadas da Espanha com jovens antenados atraídos pelas festas e sua beleza natural. Cenário de inúmeras invasões de gregos, fenícios, romanos, árabes, catalães e turcos, a Sardenha possui beleza e história própria, mesmo pertencendo à Itália. Por definição, ilha é uma porção de terra cercada de água por todos os lados. Mas, na prática, podem ser pequenos pedaços de paraíso deslocados dos continentes para garantir sua natureza intocada, paz e momentos de puro prazer. Isto é, o local ideal para as férias perfeitas. Para ajudar na escolha da próxima viagem, a editora Lafonte lançou o livro "501 Ilhas Imperdíveis", com dicas de como chegar, o que encontrar e quando ir. Informaçõe e mais ilhas aqui: http://luxo.ig.com.br/lazereprazer/2013-03-19/as-ilhas-mais-incriveis-do-mundo.html

domingo, 20 de outubro de 2013

As 10 fotografias mais felizes da história

Fotografia feita em novembro de 1945 mostra Marilyn Monroe, aos 19 anos, sentada no meio da Pacific Coast Highway, Califórnia, Estados Unidos. Foi o primeiro ensaio da futura diva e atriz Marilyn Monroe. Na fotografia, Marilyn sorri para o fotógrafo André de Dienes, com que viveria um breve romance. “Conforme os minutos passavam, eu me apaixonava mais e mais por Norma Jeane [verdadeiro nome de Marilyn Monroe]”, relata André de Dienes no livro “André de Dienes, Marilyn” —publicado pela Taschen. Fotografia: André de Dienes
Fotografia imortalizada pela revista “Life”. Durante o anúncio do fim da guerra contra o Japão, em 14 de agosto de 1945, o fotógrafo Alfred Eisenstaedt registrou um marinheiro beijando uma jovem mulher de vestido branco. A mulher foi identificada mais tarde, na década de 1970, como Edith Shain. A identidade do marinheiro permanece desconhecida e controversa. Mas está é apenas uma das versões. Fotografia: Alfred Eisenstaedt
A fotografia mostra os Beatles durante uma guerra de travesseiros em 1964. Foi feita pelo fotógrafo Harry Benson, no hotel George V, em Paris. “Passarão 50 ou 100 anos e os Beatles continuarão ali (…) Eram amáveis e nada presunçosos. E a música era genial. Isso os fazia especiais. Todo mundo gostava deles, e mesmo agora as pessoas gostam deles. Eu poderia ter tirado as melhores fotografias do mundo, mas, se a música não tivesse sido boa, não teria servido para nada”, (Harry Benson, em entrevista à Agência Efe). Fotografia: Harry
Benson Fotografia feita em 17 de Março de 1973. Mostra o reencontro do Tenente-Coronel Robert L. Stirm com sua família, na base aérea de Travis, na Califórnia, três dias após ter sido libertado. Stirm tinha sido capturado pelos vietnamitas do Norte seis anos antes, em 27 de Outubro de 1967, depois do caça-bombardeiro que pilotava ter sido abatido sobre Hanói. A fotografia, batizada como “Explosao de Alegria”, comoveu os norte-americanos e venceu o Prêmio Pulitzer de 1974. Fotografia: Sal Veder
Fotografia feita em novembro de 1999 mostra um bebê gorila sorrindo e se assustando com o frio do estetoscópio durante um check-up em um hospital do Zoológico de Melbourne, Austrália. O registro do fotógrafo David Caird acabou virando livro, e Yakini, o pequeno gorila, uma celebridade mundial. Fotografia: David Caird
Fotografia feita em 30 de outubro de 1950 em Ann Arbor, Michigan, Estados Unidos. A fotografia foi considerada pela “Time/Life” e pelo próprio fotógrafo uma das mais felizes da história. Alfred Eisenstaedt cobria uma apresentação da banda sinfônica da Universidade de Michigan quando percebeu um grupo de crianças correndo espontaneamente atrás de um dos membros da banda. Alfred Eisenstaedt, que morreu 1995 e ganhou o status de clássico sobretudo pela sua trajetória na revista “Life”, considerava a fotografia uma das mais importantes de sua carreira. Fotografia: Alfred Eisenstaedt
Fotografia feita em 1936 durante os Jogos Olímpicos de Berlim. O atleta norte-americano negro Jesse Owens ganhou quatro medalhas de ouro, contrariando o desejo de Hitler de mostrar a supremacia branca. A fotografia da cerimônia de premiação é uma das mais emblemáticas da história do esporte. Fotografia: Associated Press
Fotografia feita por Jacques Henri Lartigue em setembro de 1926, em Royan, cidade localizada no centro-oeste de França. A foto mostra uma garota, Jeanine Lhemann, saltando na praia enquanto é observada por seu cão. Jacques Henri Lartigue, que morreu em 1986, é considerado um dos grandes nomes da fotografia do século 20, ficou conhecido como o fotógrafo da felicidade. Fotografia: Jacques Henri Lartigue
Fotografia feita em dia 18 de julho de 1976, durante os Jogos Olímpicos de Montreal, Canadá. Depois de uma apresentação perfeita da ginasta romena Nadia Comăneci nas paralelas assimétricas, o placar mostrou a nota 1.00. O silêncio tomou conta do ginásio, sem entender como uma performance tão espetacular poderia receber uma nota tão baixa. A explicação surgiria pouco depois: nunca um 10 tinha sido atribuído na história da ginástica olímpica e o sistema não estava preparado para um resultado acima de 9.5. Fotografia: Associated Press
Fotografia feita em 1952 e considerada uma das mais importantes do fotógrafo francês Willy Ronis. Intitulada “Le petit parisien”, mostra um garoto parisiense que corre levando debaixo do braço uma baguete maior do que ele. A fotografia percorreu o mundo como marca da Paris no pós-guerra. Fotografia: Willy Ronis Informações: http://www.revistabula.com/1177-10-fotografias-felizes-historia/