sábado, 22 de maio de 2010

Icapuí Para e Chora por Sr. Juarez















a





Cazuza disse:
"Senhoras e senhores
Trago boas novas
Eu vi a cara da morte
E ela estava viva"
Nunca essa música falou tão claramente em mim como ontem. O leitor pode pensar: como falar em boas novas e falar em morte? Explico:
Ontem fui ao sepultamento do pai da querida aluna, Dayane, em Icapuí. Não poderia deixar de registrar aqui no blog esse momento em que "vi a cara a morte e ela estava viva"!
E a boa nova é que vi Sr. Juarez vivo. Vivo nas lágrimas de cada pessoa que estava ali.
Sr. Juarez é vida, mesmo não estando mais aqui. Vou mais longe, podemos ver beleza na morte.
Podemos sim! Quando vemos uma cidade que se cala e chora a morte de um filho. Podemos ver beleza quando vemos pessoas simples chorando por uma pessoa que muitas vezes matou a sua fome. Podemos ver beleza quando vemos políticos de grande representação nacional e estadual comungando da mesma dor com todas as pessoas do lugar. Podemos ver beleza quando vemos filhos completamente destruídos pela dor, mas forte no amor e na união que Sr. Juarez ensinou. Podemos ver beleza quando vemos uma filha de 6 anos com a mais bela manifestação de pureza, perguntando porque o comércio do pai não abriu naquele dia. E nessa perguta vemos que Sr. Juarez deixou o exemplo de uma vida de trabalho honrada. Existe herança maior que essa? Podemos ver beleza quando vemos cada um dos seus funcionários dizerem que vão em frente. Podemos ver beleza quando vemos a representação do poder na casa de Sr. Juzrez e vemos filhos trabalhadores que não usufruem dos benefícios do poder. Podemos ver beleza quando vemos seu filho mais velho, mas muito jovem, Diego, dizer que seu pai era a sua vida! Podemos ver beleza quando sua filha, Dayane, com toda dor consola as irmãs menores.
É isso... vemos beleza no rastro de benefícios que esse homem deixou com uma passagem tão rápida nesse mundo. Vemos beleza quando toda uma cidade aplaude a sua partida.
É Sr. Juarez o senhor conseguiu o mais importante na vida de um homem, que é erguer a sua família nos verdadeiros valores humanos: amor, honestidade, solidariedade, respeito e união!
Este post é para os filhos de Sr. Juarez que são a verdadeira representação dele.
As fotos são de Icapuí, da frente da casa de Sr. Juarez e do cortejo do seu sepultamento.

7 comentários:

Adolfo Maia disse...

Parabens professora Eliane pela excelente homenagem a um grande homem de Icapuí, que foi seu Juarez.

Nós que fazemos parte do blog ACIDADEICAPUI publicaremos essa sua homenagem em nosso espaço. www.acidadeicapui.com.br

Abraços

Adolfo Maia

Caminhos do Turismo pelo Turismólogo disse...

Obrigada, e já estou seguindo o www.acidadeicapui.com.br
Fico feliz em saber que minha mensagem chegou a voces. Tenho um carinho muto grande por Icapuí, para mim o litoral mais belo do Ceará.
abraço

Jailson Ribeiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jailson Ribeiro disse...

Dedico a minha querida amiga de faculdade Dayane e Família, "Que não desistem de si mesmo, e que descobriram que a vida é o maior de todos os espetáculos um espetáculo dada pela Ressureição do Sr,Juarez".

Que hoje não se faz presente neste mundo, a qual partiu para o outro mundo ao lado do Pai Celestial,mas ficará sempre na lembranças e bons momentos. Ele não morre ele VIVE.
Amém! Aleluia,Aleluia.

Cléia disse...

Parabéns Professora por esse espaço a uma pessoa tão querida por Icapui com o Sr.Juarez quero deixar o meu abraço a Dayane e dizer que ela continue realizando a obra que o seu pai deixou e Deus vai está sempre com ela em todos seus momentos ainda que as lembranças boas do passado venha sobre a vida dela mais isso ajudará a voÇê amiga a agüentar algumas das provações e batalhas pelas quais passamos ,.Força fé em Deus..Estamos com você amiga..abraços..

Dayane disse...

agradeço,a todos e principalmente a professora por essa grande homenagem.você Eliane que apareceu em minha vida para a minha formação proficinal e fez muito mais.aos meus amigos,colegas,clientes vamos continuar como nosso pai nos ensinou.E dar-lhe muito orgulho.

Sandra disse...

Essa homenagem que a professora Eliane fez foi maravilhosa.
Andar com fé é saber que cada dia é um recomeço. É saber que temos asas invisíveis e fazer pedido para as estrelas, voltando os olhos para o céu.
Andar com fé é usar a força e a coragem que habitam dentro de nós, quando tudo parece acabado.
Quero deixar aqui meu afeto, minha lembrança, à Dayane e disse que ela é mais forte do que ela imaginava ser, lute contra essa dor que ñ é fácil, mas vc vai vencer, vc e seus irmãs, pq quem ta dentro de vcs, é aquele pai maravilhoso que ensinou tudo que vcs são hoje, SEU JUAREZ.

E confie em DEUS pq sem ele nada seriamos.