sábado, 17 de janeiro de 2009

Uma ilusão chamada Dubai




"Alienação
Hebe Camargo e outras celebridades brasileiras deram pra fazer compras na “ilha da fantasia” chamada Dubai, um dos sete emirados árabes unidos. O que esta gente finge não saber é que Dubai, como todos os emirados do Golfo Pérsico, é uma ditadura que persegue as mulheres (as cidadãs destes países não têm nenhum direito civil e são vigiadas como prisioneiras), condena os homossexuais à prisão e tratam seus trabalhadores estrangeiros (a maior parte da mão-de-obra é estrangeira) como escravos. O que é que estes brasileiros – alienados, é claro - vão fazer num lugar desse?"
Alex Ferraz - Tribuna da Bahia - Coluna Em Tempo
Nosso Comentário:

Quando se fala em Dubai é tudo respladecente e extravagante. O lugar possui beleza e luxo. Está lá o único hotel 7 estrelas do mundo, está sendo contruído uma ilha artificial em forma de palmeira e também um arquipélago artificial com formato de mapa mundi.
Tudo é inovador e grandioso.
Porém por de trás de todo brilho e de tanto luxo, está a exploração da pobreza e das pessoas.
Quando os trabalhadores chegam em Dubai seu pasaporte é retido, e não é devolvido, assim os empregados ficam sem o direito de ir e vir, trabalham nas construções de 12 a 16 horas, recebem aproximadamente o valor equivalente a R$11,00 por dia, ficam num alojamento de péssimas condições, os galpões abrigam cerca de 560 homens com apenas um banheiro.
Trabalham numa temperatura que pode chegar a 55ºC . Acontecem aproximadamente 2 mortes por dia de trabalhadores, o número de acidentes é enorme, os hospitais estão lotados de operários, como trabalham sem segurança é comum: ensolação, acidentes por desconhecimento de manuseio de equipamaentos.
O que se vê é muita humilhação e escravidão.
É esse lugar que Alex Ferraz falou muito bem dos "alienados" ricos brasileiros estão indo se divertir, e fingem não saber, ou a alienação não permite que saibam que compactuam com a exploração que acontece.
Eliane
Fonte: documentário de uma equipe francesa exibido pela SIC Notícias
Canal Português

2 comentários:

magyar disse...

Hebe Carmargo

Programa foi ao ar em 27.7.2009

Apresentadora em Dubai, mostrando as “maravilhas” daquele lugar pavoroso.
Um verdadeiro monumento à cafonice e ao disperdício.

Enfim, frescurites à parte, a douta Loiruda me soltou esta:

(transcrição aproximada)
“Gente, olha como tudo aqui é rico e lindo, maravilhoso, o paraíso! Tudo isso foi feito pelo Xeique… Ah, aqui não tem Câmara dos Deputados, nem Senado: o Xeique é quem cuida de tudo, ele sabe do que o povo gosta. A gente podia ter um assim aí no Brasil, né?”

A matéria foi editada, ou seja, o SBT poderia ter-nos poupado desse comentário pseudo-inocente.

Mas a LOIRUDA tem memória curtinha, tadinha!

Digam a ela, ó classe branca paulistana, que o nosso brasilzinho já teve um longo período em que Câmara e Senado eram enfeites.

E era governado por quem “sabia do que o brasil precisava”.

É por isso que hoje temos um país sem miséria, sem analfabetismo, o povo vive numa opulência de dar inveja a qualquer Xeiquezinho de araque.

Anônimo disse...

VI UM PROGRAMA NA SIC NOTÍCIAS EM PORTUGAL COMO AQUELES ESCRAVOS TRABALHAM DEBAIXO DE UM CALOR HORRÍVEL PARA MANDAREM DINHEIRO PARA SUAS FAMÍLIAS(INDIANAS) EM ESPECIAL. FIQUEI HORRORIZADA. PENA QUE ESTES DOCUMENTÁRIOS PASSEM APENAS UMA E SÓ VEZ. NÃO MAIS VI PROGRAMA IGUAL. ENFIM COMO AQUELE PAÍS ESTÁ A SER CONSTRUÍDO NÃO IRÃO PASSAR MUITOS ANOS QUE UM DIA TUDO SE VAI DESMURUNAR. CONTUDO O QUE MAIS ME ATERROU FOI A FORMA COMO AQUELES TRABALHADORES (ESCRAVOS) TRABALHAM EM CONDIÇÕES HORRÍVEIS.