sábado, 10 de novembro de 2012

Sem lenço e documento e sem roupa! Conheça regras para praias de nudismo!



Oficialmente, existem dez praias de nudismo no Brasil: quatro no Rio de Janeiro, três em Santa Catarina, uma na Bahia, uma no Espírito Santo e outra na Paraíba. Mas o nudismo é praticado em pelo menos outras 300 praias, segundo o presidente da Federação Brasileira de Naturismo, André Herdy. Nas áreas oficiais há várias regras de comportamento e a nudez não é apenas permitida por lei, ela é obrigatória! Afinal, os freqüentadores conquistaram a autorização do governo para andar pelados e aplicar as regras do naturismo nesses locais. Já nas praias não oficiais, a galera encara o nu por sua própria conta e risco, sem nenhuma proteção legal - podendo rolar até prisões por atentado ao pudor. Para os naturistas, a nudez em grupo é uma forma de estar em harmonia com a natureza e de promover o respeito entre as pessoas. Não tem nada a ver com sexo e azaração - que pode até pegar mal, como você confere na ilustração destas páginas.
Pelada na areiaA regra é clara nas praias naturistas! Veja quais são os principais costumes nesses locais
Nu com a mão no bolso
Também rola comércio. O duro é onde guardar o dinheiro... Os vendedores ambulantes andam nus pela areia. Em Pedras Altas (SC), a coisa é ainda mais radical. Como a praia é inteiramente administrada por uma família naturista, todos trabalham pelados no camping, na pousada e no restaurante local - inclusive os garçons!
Segura o tchan!
Xavecar ou olhar muito para uma mulher pega supermal. Pode até ser motivo de expulsão! Caso algum marmanjo perca o controle e tenha uma ereção, os naturistas recomendam que o cara seja discreto, cobrindo-se com uma toalha ou esfriando os hormônios com um bom mergulho no mar
Casados x solteiros
Praias muito movimentadas - como a do Pinho (SC), que recebe até 5 mil pessoas por dia no verão - são divididas em duas áreas: uma para casais e famílias e outra para os solteiros. Para os novatos mais tímidos, existe ainda uma área de adaptação, onde os homens podem ficar de sunga e as mulheres de topless
Roupa é um escândalo!
"Só estou conhecendo..." Essa desculpa não cola para entrar vestido na praia. Mesmo só de sunga ou biquíni você pode ser "convidado a se retirar" do local. É claro que existem exceções. Quando está frio, por exemplo, a turma pode se agasalhar: "Somos naturistas, não masoquistas", diz André Herdy, presidente da Federação Brasileira de Naturismo
Longe dos curiosos
As praias naturistas ficam em regiões isoladas, entre montanhas ou em áreas de reservas ambientais. "Não é necessário se esconder, mas infelizmente existem muitos curiosos no Brasil", diz o presidente da federação naturista. Segundo ele, na Espanha existem praias de nudismo em locais tão movimentados como Copacabana, no Rio de Janeiro
Proteção natural
Geralmente, os próprios naturistas cuidam para que as regras sejam seguidas, mas em certas praias existem até equipes de seguranças. Em Abricó (RJ), alguns freqüentadores tornaram-se seguranças profissionais e vigiam a entrada do local usando boné, óculos escuros e... mais nada, claro
Vestiário pra quê?
Algumas praias têm na entrada um vestiário unissex onde os freqüentadores podem guardar as roupas. Mas nem sempre é assim. Na maior parte dos lugares a galera tira os trajes ao ar livre mesmo e carrega os pertences para a praia - incluindo uma toalhinha para sentar em lugares públicos, como bancos de restaurantes
Informações: http://mundoestranho.abril.com.br

Nenhum comentário: